sábado, 29 de novembro de 2014

Falta de Táxis em São Carlos faz passageiros esperar 1 hora para utilizar o serviço

O problema afeta frotas e taxistas já que o numero de veículos é insuficiente na cidade.
A cidade deveria ter um veiculo para cada 1,9 mil, o equivalente a 125 carros.
Porém apenas 104 circulam na cidade. A Secretaria de Transportes e Trânsito informou que a lei não previu um mecanismo de entrada de novos taxistas, o que tornou necessária a criação de critérios objetivos e democráticos para que isso ocorra.
Os taxistas querem uma solução junto com as frotas e a população, pois os taxistas são obrigados a deixar muitos passageiros na mão, esses passageiros ficam a espera de 1 hora por um erro da própria Secretaria.

Secretaria de Transportes


Em nota, a Secretaria de Transportes e Trânsito admitiu que a cidade opera com 20 táxis abaixo do número previsto em lei. Além disso, o órgão informou que está trabalhando para que a lei possa ser modernizada e novos táxis passem a atender a população de forma correta.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Prorrogada em Itapetininga as inscrições de curso para taxistas

A Prefeitura de Itapetininga prorrogou para 5 de dezembro o prazo para inscrições no curso de capacitação para condutores de táxi. As aulas terão início em 8 de dezembro e vão até o dia 19.

O curso é um dos pré-requisitos para exercer a função e para a obtenção da carteira funcional do taxista. São 40 vagas oferecidas. A taxa cobrada é de R$ 72,20.
As inscrições devem ser feitas na Secretaria de Trânsito e Cidadania, localizada na Praça Gaspar Ricardo, 01, no Centro de Itapetininga, das 9h às 17h. As aulas serão dadas na secretaria.


Para se inscrever é preciso apresentar a CNH da categoria B a E com a observação "exerce atividade remunerada", comprovante de residência, certidão de antecedentes criminais, certidão de multas de trânsito, declaração de regularidade previdenciária (INSS), comprovante da inexistência de qualquer pendência junto aos órgãos de trânsito ou da receita, comprovante de sanidade física e mental atestado junto ao Detran, comprovante de recolhimento da taxa de um UFM (R$ 64,70) e duas fotos 5x7 - fundo branco e datada.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Ciclovias desalojam pontos de táxis pela cidade


                                                                                              Crédito: Fábio Arantes/Secom
Haddad na inauguração da Ciclovia no Centro de São Paulo

Reclamações referentes às ciclovias se multiplicam.
Taxistas, comerciantes e moradores reclamam da prepotência da prefeitura.

As faixas sinalizando as ciclovias estão se multiplicando pela cidade, comerciantes moradores e taxistas da Rua Coronel Lisboa, na Vila Mariana, estão descontentes com a implantação da ciclovia. O estacionamento de veículos na rua ficou impossível, já que de um lado há a ciclovia e do outro lado da rua é proibido estacionar. O ponto de táxi que existia há mais de 25 anos no local foi inutilizado, e os taxistas ficam rodando pelas ruas em busca de passageiros, sem parada.

“Estamos perdendo fregueses, afirmou Fátima Abatepietro, proprietária de um restaurante no local. Ela reclama também como moradora, já que sua residência fica bem em frente ao seu comércio. “Até minhas visitas particulares foram prejudicadas, porque não têm onde parar o carro”. E o pior é que não vemos bicicletas nessa faixa”.

O taxista David Domingues afirma que o problema é a falta de planejamento.

“Porque essa ciclovia não terminou na esquina de cima, para deixar o nosso ponto no mesmo local? Dez metros a menos não iriam fazer diferença, mesmo porque essa ciclovia não terá continuidade”, afirmou o taxista.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Taxistas deverão ficar atentos no mês de dezembro

Salvador Viera - Vice Presidente




Sindicato orienta para não haver
problemas na hora da venda


Os taxistas que forem vender o seu veiculo nesse mês devem fazer um notificação ao Detran, pois é de responsabilidade do taxista o pagamento do IPVA proporcional.
A conseqüência para não comunicação ao Detran, torna o vendedor, responsável pelo debito que for gerado pelo comprador. Como o prazo da transferência e de 30 dias é importante lembrar que devido festas de fim de ano não se pode deixar para ultima hora, para que seja cancelada tal debito a tempo. O protocolo é simples e sai na hora.

De acordo com Salvador Viera, Vice-Presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo, alerta: “Fiquem de olho nos boqueiros que compram os veículos e se comprometem com o IPVA proporcional e não efetuam o pagamento, e ainda transferem para outro estado. Por isso a precaução no mês de janeiro deve ser redobrada, pois não tem como tirar o carro da praça sem o pagamento das taxas obrigatórias”.
 

Campanha

Campanha